sexta-feira, 19 de Agosto de 2011

A sequência da aparatosa queda de João Moura ontem no C. Pequeno


A esmagadora maioria dos sites taurinos lusos não deram à estampa (ou simplesmente não captaram o momento ou preferiram "ignorá-lo", como se estes casos não fizessem parte do espectáculo e da Festa) imagens da aparatosa e impressionante queda do Maestro João Moura ontem no Campo Pequeno, quando iniciava a lide do seu segundo toiro, montando o cavalo "Mel e Noz".
As primeiras fotos, que reproduzimos com a devida vénia e os nossos agradecimentos, da autoria do repórter Rui Minderico (site de fotógrafos associados a-gosto.com), foram esta manhã dadas à estampa pelo site www.touroeouro.com, que ontem não tinha na trincheira de Lisboa o seu fotógrafo João Dinis (estava em Alcochete, a fazer o "directo" da última corrida da feira).
João Moura, como já anunciámos, apesar da forte lesão que sofreu no joelho, prosseguiu a sua actuação, encastando-se e desenhando faena magistral com o cavalo "Merlín". Posteriormente foi assistido na enfermaria da praça e ainda hoje deverá deslocar-se a Lisboa para fazer um exame médico (ressonância magnética), não toureando, como estava anunciado, na corrida nocturna de Santana da Serra - onde é substituído por seu filho João Moura Jr. naquilo a que se pode chamar um verdadeiro mano-a-mano, já que do cartel faz também parte seu irmão Miguel e ainda Tito Semedo e os Forcados de Cascais, na lide de toiros de Benjumea (Nuñez del Cuvillo).

Fotos Rui Minderico/a-gosto.com/cortesia www.touroeouro.com